sábado, 2 de julho de 2011

Críticas à teoria de Lawrence Kohlberg

Existem quatro críticas a esta teoria - duvidas sobre:
- universalidade dos estádios- acusação de elitismo- ignorância da especificidade do desenvolvimento moral das mulheres- desvalorização do papel da emoção e do hábito no processo de desenvolvimento moral


Carol Gilligan critica o facto da teoria de Kohlberg ter sido desenvolvida a partir de um estudo conduzido por uma amostra unicamente de rapazes. São esquecidas a especificidade do desenvolvimento moral das raparigas e a tradução apenas de valores masculinos.
Carol afirma que o nível pós convencional (3º nível) esquece a forma como as mulheres raciocinam sobre as questões morais. Considera que o desenvolvimento moral dos indivíduos deve ir além do reconhecimento das diferenças de género e precisa de incorporar quer o conceito de injustiça quer o conceito de cuidar dos outros, tanto nos homens como nas mulheres, de forma que a maturidade moral seja o resultado da evolução conjunta do que é mais típico no desenvolvimento dos homens e nas mulheres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário